quinta-feira, 29 de abril de 2010

Ser Mãe


O dia da Mãe está perto, aqui fica a partilha de um poema que expressa o meu sentir como Mãe, que sou, de dois filhos muito queridos, O Hugo e a Joana.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

MÃe (poemas de Moita Macedo)


Dois poemas de meu pai Moita Macedo, que ele dedicou à sua mãe que podem ser ouvidos no seu CD de poemas ,ou no site www.moitamacedo.pt, clicando em multimédia, ditos respectivamente pela Drª Maria Barroso e por Vitor de Sousa.O quadro é também de meu pai e representa a Virgem Mãe e o Menino.

Mãe III

O meu primeiro poema foi para ti
Mãe
E este “poema-hoje” é para ti
Também

Já não uso calções
Tu já estás velha
Que o tempo
Alterou-nos as feições

Mas acredita
Somos os mesmos
Com ilusões
E com desilusões

O tempo traz de tudo
(ou quasi tudo)
Tudo cria ou destrói
É esse o mal

Mas nunca pode
Entre nós dois
Corromper o cordão
Umbilical

Só que há dias em flores
Dias alegres
Outros de chuva
Formando lamaçais

E há que escolher
Entre o tranquilo e breve
Ou ser o só mais um
Por entre os mais

Eu não escolhi o não ser
Porque amo tudo
O bom o mau
A luta pelo incerto

Há pessoas que perto estão bem longe
Há pessoas que longe estão bem perto

Tinha eu nove anos
O meu poema foi para ti
Mãe
E este poema-hoje no certo do incerto
É para ti
Também


Mãe I


Conta-me histórias
Mãe
Estou tão cansado...
Conta-me histórias
Para adormecer.

Mas não me contes
Mãe
Histórias de heróis
De justos ou de santos
Que eu sei
Mãe
(a vida me ensinou)
Que já não há heróis,
Justos ou santos
Conta-me histórias
Mãe
Mas histórias verdadeiras
Que me falem de anões

Conta-me histórias
Mãe
Em tua fala amena
Que eu quero descansar,
Sem pensar,
Nesta noite serena.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Poesias, um recurso pedagógico




Olá colegas e amigas,
Tenho vindo a publicar uma série de poesias minhas aqui no blog.
Gostaria muito de saber se vos são úteis e as utilizam nas vossa práticas.
Acham importante ler poesia às crianças?
Aguardo os vossos comentários : )

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Para reflectir...


A Primavera - Sandro Botticelli
Sopro de Primavera

Uma árvore sabe, em qualquer momento, em que altura do caminho se encontra a Natureza.
Qualquer que seja o seu estado, cheia de rebentos de ramos, cheia de folhas ou de frutos, tudo faz parte de ser árvore.
Há estações na vossa vida.
Não tentem enganá-las.
Não tentem dar fruto quando é altura de se vestirem com ramos e folhas novas.
Escutem a canção da natureza.
Cada ano é um ciclo.
Há um tempo para a actividade e um tempo para a calma.
Há momentos para começar e momentos para terminar.
Há estações para mudar e estações para renascer.
Permaneçam quietos e aprendam.
Contemplem como se desenvolve a história da Natureza.
Observem o pássaro e a árvore.
Aprendam as coisas que têm em comum com o pássaro.
Que a árvore vos ensine a encontrar o vosso lugar.
Encham-se de sol.
Percebam o dia.
Num dia há estações.
A alva é a Primavera.
O meio-dia é o Verão.
A tarde é o Outono.
Com a noite chega o Inverno.
Nós fomos feitos para viver este ciclo em cada dia.
Retirem o vosso escudo, deixem de defender-se.
Movam-se ao ritmo do dia.
Lembrem-se sempre de que amanhã haverá outro ciclo.
Cada respiração é um ciclo de vida.
Tomem dentro de vós a Primavera do vosso alento.
Respirem outra vez, porque há sempre um novo começo e um novo final.
Tomem o ar, respirem; nunca o farão melhor do que agora.
Nunca percorrerão um dia mais ou menos importante que o de hoje.
Cada momento único é um novo começo para toda a vida.
Se realmente viverem o momento, aqui e agora, renovar-se-ão por completo.
(desconheço o autor)

sábado, 17 de abril de 2010

Abril (poesia)

Esta é uma poesia que escrevi para ajudar os meus ursitos a estruturar a noção de tempo e introduzir o projecto deste mês, os animais.
As rimas são uma forma lúdica, que também podem ajudar a promover a aquisição de novos conhecimentos.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Poesias

Imaginação é a capacidade intelectual, que consiste em escolher porções de
registos existentes na nossa memória, agrupá-las e organizá-las de forma a formar uma nova existência.

É na medida que vão crescendo que as crianças vão ganhando esta capacidade de imaginar, de sonhar, de criar situações. Cabe ao educador ajudar a desenvolver esta capacidade.

Aqui partilho mais um poema, escrito por mim, em que "dou largas" à imaginação e que foi escrito para a minha prática pedagógica.
Se gostarem não deixem de comentar.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

terça-feira, 13 de abril de 2010

sábado, 10 de abril de 2010

Dia Mundial da Saúde poesia

Aqui fica a partilha da poesia que escrevi para o blog jardins saudaveis, por ocasião do Dia Mundial da Saúde.
Obrigada à Gliceria Gil pela publicação e amáveis comentários.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Dia Mundial da Saúde 2010


O tema do dia Mundial da Saúde deste ano é:
"1000 cidades, 1000 vidas"
Procurar que as populações tenham uma melhor qualidade de vida e portanto uma vida com mais saúde é um grande objectivo e um grande desafio para todos.
Mais qualidade de vida passa também por estar com...e não estar só...
Para reflectir , partilho esta frase tão bem ilustrada, do site frases ilustradas, que já referi.

O passarinho Azul

Respondendo a mais um desafio da colega Gliceria Gil,do blog www.jardimsaudavel.blogspot.com
dei o meu contributo para esta história colectiva que aqui podem ler:

sexta-feira, 2 de abril de 2010

DIA INTERNACIONAL DO LIVRO INFANTIL

O Dia Internacional do Livro Infantil comemora-se desde 1967, no dia 2 de Abril, data em que nasceu Hans Christian Andersen, famoso escritor e poeta dinamarquês de histórias infantis, das quais se destaca "O Patinho Feio", "O Soldadinho de Chumbo", " A menina dos fósforos", "A Pequena Sereia", "A Princesa e a Ervilha", entre outros.

Ler é um factor essencial ao desenvolvimento global da criança.
Devemos cultivar o gosto pela leitura desde a mais tenra idade, pois as crianças que desde cedo convivem com as histórias e que gostam de livros adquirem e desenvolvem, mais cedo, criatividade, auto confiança, imaginação, auto estima, respeito pelos outros,etc..., que são um conjunto de bases essenciais para o seu crescimento.
Eu tive a sorte de crescer entre livros e com livros.
Sempre tive um gosto imenso pela leitura e a escrita e no meu percurso como educadora, tento passar este amor para as crianças que me são confiadas.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Páscoa Feliz!

A todos os que aqui passam
e partilham um pouco de mim,
A todos os que comentam,
os posts que aqui fiz,
de todo o coração,
os votos de uma Páscoa Feliz!