quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Feliz 2010, Que seja um ano de Paz!

A todos os que me visitam com tanto carinho,desejo:
Que o novo ano seja um ano de Paz, em que cada um de saiba construir a sua felicidade e consiga realizar os seus sonhos e projectos mais queridos, na alegria de viver, um dia de cada vez.
video

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Amizade


Porque penso que a amizade é dos bens mais preciosos que temos na vida, hoje, que uma querida amiga faz anos, aqui fica um poema que lhe dedico
A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo, nem culpa de sentir prazer.

Fase dourada em que a gente pode criar
e recriar a vida,
a nossa própria imagem e semelhança
e vestir-se com todas as cores
e experimentar todos os sabores
e entregar-se a todos os amores
sem preconceito nem pudor.

Tempo de entusiasmo e coragem
em que todo o desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda disposição
de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO,
e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente
chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa.

Mário Quintana

sábado, 26 de dezembro de 2009

O Bonequinho De Neve

Aqui fica um miminho de Natal para as educadoras que visitam o meu cantinho.Se fizerem o downoad verão que a história tem animações. Votos de Boas Festas!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Imagine, um vídeo especial

A letra diz tudo, e continua tão actual como quando foi escrita nos anos 60.
É bom imaginar um mundo melhor, onde se aceite todos e cada um nas suas especificidades e diferenças.
video

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Comportamentos...

video
Este vídeo surgiu na Austrália no âmbito de uma campanha de sensibilização sobre a influência que os adultos têm sobre os comportamentos das crianças.
As crianças observam-nos, imitam-nos, fazem o que nos vêem fazer e disso não nos podemos esquecer.

• "Os seus olhos observam-nos de noite e de dia todas as palavras entram nos seus ouvidos atentos;

• As suas mãos querem fazer o que nós fazemos;

• Eles passam a vida a sonhar que um dia serão como nós, porque somos os seus ídolos, os mais sábios entre os sábios;

• Nas suas pequenas mentes nunca albergam suspeitas nem dúvidas, acreditam em nós com devoção, afirmam que tudo o que dizemos e fazemos está certo e, quando crescem, dirão e farão muitas das coisas que dissemos e fizemos;

• Acreditam que temos sempre razão;

• Com os olhos abertos e os ouvidos sempre alerta, observam-nos e escutam-nos a todo o momento;

• Estamos a servir de exemplo, em cada dia, em tudo o que fazemos!

• São as crianças que estão à espera de crescer para ser como aprenderam com cada um de nós."


Este é um texto que costumo partilhar com os pais nas reuniões mas que desconheço o autor. Penso que é um bom tema de reflexão.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Feliz Natal

Recebi hoje este pequeno vídeo de Natal que adorei.
Como este ano o meu grupo são os "Ursitos", aqui fica esta partilha ternurenta da Forever Friends.
Amigos são para sempre!

video

domingo, 13 de dezembro de 2009

Publicidade pedagógica



Encantei-me com este vídeo, retirado do youtube, e que nos faz pensar sobre as diferenças, as metas, os sonhos,a tenacidade e a vida. Tudo isto num comercial, parabéns aos publicitários, desta vez não exageraram.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Amiga secreta




Na minha escola temos o costume de, na altura que antecede o Natal, fazer o jogo da "amiga secreta".
Ontem foi o dia do jantar de confraternização entre todas e da entrega final da prenda às amigas.
A amiga que me deu a mim, conhece-me bem e quis aumentar a minha colecção de Pais Natais com uma peça fabulosa, ora vejam...
Ela também faz umas bolas lindíssimas de que aqui fica a imagem.
Eu já lhe disse que as devia comercializar, encomendas não iriam faltar. Obrigada amiga Vanda.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Todos diferentes, todos iguais





Assisti hoje, na escola Galopim de Carvalho a uma palestra sobre Trissomia 21.
A apresentação foi clara e objectiva, seguida de um breve diálogo com os participantes. Na plateia estava uma criança, aluno da escola, portador desta deficiência e a sua mãe que falou um pouco do percurso do Francisco.
Para ela e para tantas outras mães que, diariamente, tentam dar o seu melhor,questionando-se muitas e muitas vezes se estarão no caminho certo, partilho estes textos, de que desconheço o autor e que me foram oferecidos no hospital do Alcoitão, quando o frequentava com a minha filha Joana.

Estas Mães partilham um dom comum
A maior parte das mulheres tornam-se mães por acaso, algumas porque o escolheram, outras por pressões Sociais e ainda outras por hábito. Este ano, quase 100.000 mulheres serão mães de crianças deficientes. Já pensou como é que se escolhem as mães destas crianças?

Vejo Deus a pairar sobre a Terra e a seleccionar os seus instrumentos de propagação com cuidado e deliberação. Enquanto observa, manda os anjos anotarem num bloco gigante: “ Isabel Campos, filho, santo padroeiro Mateus.” Teresa Martins, filha, santo padroeira, Nª Sra da Conceição. Joana Campelo, gémeos, santo padroeiro, pode ser S. Pedro, está habituado a situações difíceis. Finalmente diz um nome a um anjo e sorri. “Dá-lhe uma criança deficiente”.

O anjo fica curioso e diz;

Mas porquê a esta, meu Deus? Ela é tão feliz

• Precisamente por isso - responde Deus. Poderia eu dar a uma criança deficiente uma mãe que não sabe rir. Isso seria uma crueldade.

• Mas ela tem paciência? - pergunta o anjo.

• Não quero que tenha demasiada paciência, senão irá afogar-se num mar de auto-comiseração e desespero. - E Deus continua -. Uma vez passados o choque e o ressentimento, ela vai saber lidar com a situação. Ela tem aquela consciência de si própria e de independência tão rara e necessária numa mãe. Sabes, é que a criança que eu lhe vou dar vive num mundo só seu. Ela tem de o obrigar a viver no mundo dela e isso não vai ser fácil.

• Mas, meu Deus, eu acho que ela nem sequer acredita em ti.
Deus sorri. E diz

• Não faz mal. Eu trato disso. Esta é perfeita. Tem o egoísmo suficiente.
O anjo fica de boca aberta.

• Egoísmo? E isso é uma virtude - pergunta o anjo.
Deus acenou.

• Se não se conseguir separar da criança, de vez em quando, nunca irá sobreviver. Sim, aqui está uma mulher que irei abençoar com uma criança longe de ser perfeita. Ela ainda não o sabe, mas vai ser alvo de inveja. Nunca irá dar como certa uma palavra. Nunca irá considerar uma etapa normal. Quando a criança disser Mãe pela 1ª vez, ela irá assistir a um milagre e sabê-lo-á! Quando descrever uma árvore ou um pôr-do-sol ao seu filho cego irá ver as minhas criações como poucos as vêm.

Permitir-lhe-ei ver com clareza as coisa que eu vejo…. a ignorância, a crueldade, o preconceito… e permitir-lhe-ei pairar sobre todas elas. Ela nunca estará sozinha. Estarei a seu lado todos os minutos de todos os dias da sua vida, porque estará a fazer o meu trabalho tão certo como se estivesse aqui sentada ao meu lado.
- E o Santo Padroeiro dela? , pergunta o anjo, com a caneta no a
Deus sorri, e diz:
- Um espelho bastará.



Os 10 mandamentos para pais de crianças deficientes

1. Viva um dia de cada vez, e viva-o positivamente. Você não tem controle sobre o futuro, mas tem controle sobre hoje.

2. Nunca subestime o potencial do seu filho. Dê-lhe espaço, encoraje-o, espere sempre que ele se desenvolva ao máximo das suas capacidades. Nunca se esqueça da sua capacidade de aprendizagem, por pequena que seja.

3. Descubra e permita mentores positivos: familiares e profissionais que possam partilhar consigo a experiência deles, conselhos e apoio.

4. Proporcione e esteja envolvido com os mais apropriados ambientes educacionais e de aprendizagem para o seu filho desde a infância.

5. Tenha em mente os sentimentos e necessidades do seu cônjuge e dos seus outros filhos. Lembre-lhes que esta criança especial não tem mais do seu amor pelo facto de perder com ele mais tempo.

6. Responda apenas perante a sua consciência: poderá depois responder ao seu filho. Não precisa justificar as suas acções aos seus amigos ou ao público.

7. Seja honesto com os seus sentimentos. Não pode ser um super-pai 24 horas por dia. Permita-se a si mesmo ciúmes, zanga, piedade, frustração e depressão em pequenas necessidades sempre que seja necessário.

8. Seja gentil para consigo mesmo. Não se foque continuamente naquilo que precisa de ser feito. Lembre-se de olhar para o que já conseguiu atingir.

9. Pare e cheire as rosas. Tire vantagem do facto de ter ganho uma apreciação especial pelos pequenos milagres da vida que os outros dão como garantidos.

10. Mantenha e use o sentido de humor. Desmanchar-se a rir pode evitar que seja desmanchado pelo stress.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Educadores somos todos nós

Um vídeo a ser visto por todos os que contribuem para a nobre tarefa de educar.

Retirei do youtube este vídeo fabuloso, que já tinha visto no ano passado e que hoje a mãe de um dos meus queridos ex-alunos, me enviou num e-mail. Acho que merece ser divulgado e agora que o posso fazer, aqui está ele. Espero que gostem tanto como eu. : )
Neste blog encontrei o vídeo legendado, aqui fica o link, agradecendo a partilha do autor, José Matias Alves.

http://terrear.blogspot.com/2009/11/fantastica-mensagem-que-devia-ser.html


video

sábado, 5 de dezembro de 2009

Addicted to Christmas/calendários de Advento




E como o prometido ,é devido, aqui está a colecção de calendários de Advento, os mais antigos foram comprados em 1966. A UNICEF, todos os anos publica um, que eu compro sempre e claro que aproveitei a viajem a Áustria e trouxe mais alguns.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Corrida De Sapinhos

Hoje fui com três colegas e amigas, educadoras, ouvir o pediatra Dr. Mário Cordeiro, falar sobre Prémios, Birras, Castigos e Miminhos.Adorámos! Mais do que o médico, quem falou foi o pai, o homem, o educador. Que bom seria que este senhor tivesse um programa diário, na nossa televisão, para fazer um pouco de "escola de pais" e ajudar a fazer luz sobre a difícil tarefa que é Educar.
Educar para a autonomia, para a responsabilidade, com limites certos e muito afecto,
sem nunca esquecer os nossos sonhos.

Escola de pais

Hoje fui com três colegas educadoras, ouvir o pediatra Dr. Mário Cordeiro, falar sobre Prémios, Birras, Castigos e Miminhos.Adorámos! mais do que médico, quem falou foi o pai, o homem, o educador. Que bom seria que este senhor tivesse um programa diário, na nossa televisão, para fazer um pouco de "escola de pais" e ajudar a fazer luz sobre a difícil tarefa que é Educar.

Educar para a autonomia, para a responsabilidade, com limites certos e muito afecto

, sem nunca esquecer os snossos sonhos.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Viena de Áustria


De regresso da Áustria, diliciada com Viena e os seus encantadores mercados de Natal.

Aqui fica um cheirinho..., depois mostrarei mais.